HOTFLOOR - CALEFAÇÃO DE PISO - PISO AQUECIDO - AQUECIMENTO DE PISO E AMBIENTES - PISO TÉRMICO - PISO RADIANTE - CALEFAÇÃO POR PISO

Menu principal

 
 

Laminados e Madeira

 

QUALIDADE

O piso de madeira é aposta certa para melhorar a aparência de sua casa ou apartamento, e, de quebra, valorizar o imóvel. Escolher o tipo de piso de madeira mais adequado a seu espaço é um passo importante no planejamento da instalação de seu novo piso. Antes de começar a  instalação, você deve escolher cuidadosamente o tipo de piso de madeira que deseja. A madeira é um material vivo e dimensionalmente variável, podendo encolher ou expandir-se com a umidade ambiental e suas cores poderão, naturalmente, modificar-se devido a oxidação pelo contato com o ar e a luz, com tendência para uma relativa uniformidade

Três principais tipos de pisos de madeira:

Piso de madeira sólido
Os pisos de madeira sólida são de três tipos principais. Cada tipo está disponível tanto em uma versão não-acabada (sem verniz) quanto na versão pré-acabada (com verniz). O piso não-acabado deve ser lixado no local de trabalho e receber acabamento (verniz) após a instalação. O piso pré-acabado é lixado e recebe acabamento na fábrica - de modo que precisa somente da instalação.

Piso de madeira estruturado
O piso de madeira estruturado não deve ser confundido com o piso laminado. Como o próprio nome já diz, trata-se de uma estrutura que serve para aguentar a última camada. O estruturado é produzido colando-se camadas de chapas ou lâminas de madeira. As mesmas dimensões de acabamentos disponíveis nos pisos de madeira sólidos existem no estruturado, sendo que a última camada é a que realmente define o piso em si. A principal diferença entre este tipo de madeira e o piso laminado é que o laminado não contém nenhuma madeira de verdade.

Piso laminado
O piso laminado é comporto por quatro camadas.

1- Overlay resistente ao desgaste (laminado à base sob alta pressão e temperatura). É extremamente resistente a arranhões, apoios de móveis, além de umidade e manchas.

2- Lâmina decorativa que bloqueia radiação UV, reforçando a rigidez e resistência a impactos do produto.

3- Placas de fibras de madeira de alta densidade - base de UHF.

4- Underlay de alta resistência à base de resina, que previne absorção de água e umidade do contra-piso.

 

É IMPORTANTE, ANTES DE TUDO, VERIFICAR A PROCEDENCIA DA MADEIRA E A DEVIDA SECAGEM DESTA.
A secagem da madeira visa à redução do teor de umidade que varia conforme o uso final do produto. Os objetivos da secagem são: reduzir a movimentação dimensional; inibir os ataques de fungos; melhorar a trabalhabilidade e aumentar a resistência física da madeira.

A secagem pode ser realizada ao ar livre ou em estufas com ventilação forçada (com temperatura e umidade controladas).

A secagem ao ar deve ser realizada em locais abertos, empilhando as tábuas espaçadas entre si de modo a permitir que o ar circule entre as peças e diminua sua umidade. A secagem ao ar é comumente utilizada em empresas para realização da pré-secagem de modo a otimizar o tempo de secagem em estufa. O ponto mais importante da secagem ao ar está na montagem da pilha de madeira que deve ser realizada com seguintes cuidados: isolamento do solo, alinhamento das peças e cobertura adequada.

As vantagens da secagem em estufa são o menor tempo do processo, maior controle e obtenção de teores de umidade mais baixos, porém há desvantagens como o maior custo de implantação desse sistema e de operação do equipamento. A secagem em estufa é utilizada por diversas empresas da área de movelaria, painéis, esquadrias, pisos etc

 

CUIDADOS NA INSTALAÇÃO

Antes de iniciar a instalação é importante verificar se o contrapiso está limpo, sem umidade e isento de buracos ou irregularidades. Em pavimentos térreos é necessária a correta impermeabilização do contrapiso, os produtos só devem ser instalados após a colocação das janelas, vidros, soleiras e portas.
A instalação do piso de madeira deve ser feita após a secagem total do contrapiso e após a colocação recomenda-se a proteção das janelas com papel pardo ou jornal para evitar a insolação direta sobre a madeira.
Não molhe a madeira em hipótese alguma e não permita o trabalho com argamassas, cimento, cal e outros produtos nocivos, diretamente sobre a madeira.

Na instalação do assoalho, em primeiro lugar verificar o nivelamento do piso, como também a qualidade do contrapiso, para que não venha a ter problemas posteriores. A grande preocupação do Assoalho é a umidade, porque quando volta a secar, tende a deformar e soltar, isso por efeito da dilatação, quanda há mais umidade, ou seja a madeira por ser um material orgânico interage com o ambiente e se move constantimente e é esse movimento que chamamos de dilatação: e o movimento de contração é quando o clima é seco.

Por isso a importância dos espaço entre os Assoalhos e Tacos é essencial, eles permitem que a expansão aconteça, pois caso ao contrário, na hora da dilatação se não houver um espaço, essa dilatação resultará na deformação da mesma.

Fique atento quando colocarem o enchimento entre os barrotes caso não for o cimento, verifique se o produto não tem umidade ou se o próprio solo não tenha também, caso tenha procure um profissional antes da colocação do assoalho, para eliminação do problema, pois com a umidade do solo virá a perder o assoalho por encurvamento, encanoamento. 

PagSeguro

 




o


 

 
HOTFLOOR | Rua Gutemberg, 425 | Batel | CEP 80420-030 | Curitiba | Paraná | Brasil | + 55 (41) 3343.3003 | conforto@hotfloor.com.br
HOTFLOOR | Al. Gabriel M. da Silva, 476 | Jardins | CEP 01442-000 ‎ | São Paulo | Brasil | + 55 (11) 3081.0510 | confortosp@hotfloor.com.br
HOTFLOOR | Av. Ceará, 560 | São João | CEP 90240-510 ‎ | Porto Alegre | Brasil | + 55 (51) 3362-1799 | confortors@hotfloor.com.br - como chegar
Copyright 2017 Interface1.com.br